sábado, 5 de julho de 2008

Hoje a felicidade veio através do meu toque polifônico de Mr. Brightside e de uma voz reconfortante do outro lado da linha.

É nessas horas de dor de cabeça inacreditável, febre de 40 graus, visão escurecida e um dia inteiro de cama e edredom que a gente sente mais saudade e se emociona com pequenos gestos de quem se importa com a gente.

Obrigada por me ligar de 5 em 5 minutos só pra se certificar de que eu tô bem. Me dá uma dorzinha e uma vontade de chorar só de entender e ver o que tu estás fazendo por mim. Desculpa se, às vezes, eu te choco com o meu realismo exagerado, mas eu só quero que depois da esperança tu não venhas a te decepcionar. Infelizmente, há coisas que a gente não controla, a gente só aceita.
E não fica com medo, por favor, eu te peço.

Tu és a principal causa da minha felicidade, e ouvir a tua voz de choro me deu muito mais desespero do que todos os outros problemas que eu tenho. Perto de ti, o resto é secundário, entendes?

Chega a doer imaginar um dia a minha vida sem ti e tudo o que tu significas pra mim.

EU TE AMO

Nenhum comentário: