segunda-feira, 7 de julho de 2008

Me acostumei tanto a reclamar dos meus defeitos, do meu vazio, do que me falta, que me esqueci por um tempo do quanto eu sou forte. Eu canso de tentar convencer a mim mesma de que não valho nada, mas nunca lembro de que eu vivo lutando.
Cada suspiro, cada esforço, cada vontade, cada gesto inconsciente - eu vivo tentando sentir melhor, agir melhor, viver melhor, SER melhor.

Eu sei que eu posso ser várias, ser o que eu bem quiser - de acordo com a minha necessidade.
Nós temos a capacidade absurda de nos transformarmos no que nos faz conseguir resistir, suportar melhor. A gente nunca afunda ou desiste, nós somos incríveis demais pra isso.

A tarefa de conduzirmos nossa própria vida exige muito,precisamos ser super-homens ou super-mulheres 24 horas por dia.
Precisamos ser inacreditavelmente fortes pra sustentarmos esses corações que, não importando o que a vida apronte, nunca param de bater.

Nenhum comentário: